Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MUDANÇAS

Vitor Hugo é escolhido novo líder do PSL na Câmara dos Deputados

O deputado Vitor Hugo (PSL-GO) foi escolhido nesta quarta-feira (3) para ser o novo líder do PSL na Câmara dos Deputados. Ele substituirá o deputado Felipe Francischini (PSL-PR) no cargo.

Vitor Hugo disse que assumir a liderança neste momento significa selar a paz dentro do partido, que estava dividido em duas alas, e é um sinal claro de que o PSL volta a compor a base do governo formalmente.

“O PSL volta agora a caminhar com o governo Bolsonaro. Ser o líder do partido vai me permitir orientar durante as votações para que os nossos deputados votem alinhados para que a gente consiga aprovar as pautas que são importantes para o governo e necessárias para o Brasil”, declarou.

O novo líder destacou a importância de unir os deputados do partido em benefício da aprovação de pautas econômicas e de costumes, como as reformas administrativa e tributária, a PEC dos Fundos e a PEC Emergencial, a revisão do pacto federativo, a posse e o porte de armas de fogo, e a educação domiciliar (homeschooling), entre outras.

Articulação política
Vitor Hugo ressaltou que foi o responsável por articular a saída do PSL do bloco de apoio ao candidato Baleia Rossi (MDB-SP) na eleição presidencial da Câmara, o que contribuiu para a vitória de Arthur Lira (PP-AL) na última segunda-feira (1º).

Leia Também:  Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 52 milhões

O bloco de Rossi tinha a participação de partidos de esquerda e era apoiado pelo então presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Perfil
Vitor Hugo foi líder do governo Bolsonaro na Câmara de janeiro de 2019 a agosto de 2020, posição inédita para um deputado de primeiro mandato. Nas comissões permanentes da Casa, ele foi titular da Comissão de Finanças e Tributação.

O parlamentar foi militar do Exército (major), é advogado e servidor concursado da Câmara dos Deputados (consultor legislativo na área de Segurança Pública e Defesa Nacional).

Da Redação
Com informações da assessoria do deputado Vitor Hugo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Pacheco espera que os dois turnos de votação da PEC Emergencial ocorram na quarta

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, espera que haja acordo entre as lideranças da Casa para que os dois turnos exigidos para a votação da PEC Emergencial (Proposta de Emenda à Constituição 186/2019) ocorram no mesmo dia: a próxima quarta-feira (3). O líder da minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT-RN), defende o fatiamento da proposta, para que o trecho que desvincula recursos de saúde e educação seja tratado separadamente. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 52 milhões
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA