Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

NOVA DIREÇÃO

Rodrigo Pacheco é eleito para presidir o Senado

O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) foi eleito há pouco presidente do Senado por 57 votos. O parlamentar vai ocupar a Presidência por dois anos. A segunda colocada, senadora Simone Tebet (MDB-MS), recebeu 21 votos.

Ao longo do dia, outros três candidatos, os senadores Lasier Martins (Podemos-RS), Jorge Kajuru (Cidadania-GO) e Major Olímpio (PSL-SP) retiraram suas candidaturas e declararam apoio à candidatura de Simone Tebet.

Ao todo, foram 78 votos depositados em urna. Três senadores deixaram de votar. O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) está licenciado do mandato e os senadores Jacques Wagner (PT-BA) e Jarbas Vasconcellos (MDB-PE) disseram se ausentar por motivos médicos.

Rodrigo Pacheco marcou para esta terça (2), às 14 horas, reunião preparatória para eleição dos demais integrantes da Mesa. São dois vice-presidentes e quatro secretários e suplentes.

Biografia
Rodrigo Pacheco tem 44 anos e está no primeiro mandato como senador. É advogado e já foi deputado federal. Na Câmara, foi presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, entre 2017 e 2018.

Nascido em Porto Velho (RO), mudou-se ainda criança para a cidade de Passos (MG), onde cresceu. Depois começou a carreira de advogado em Belo Horizonte. Formado pela PUC de Minas Gerais, é especialista em direito penal econômico e atuou na área criminalista até 2016.

Leia Também:  Saiba quais são as 17 estatais federais que Bolsonaro vai privatizar

Da Redação – RS
Com informações da Agência Senado

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Pacheco espera que os dois turnos de votação da PEC Emergencial ocorram na quarta

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, espera que haja acordo entre as lideranças da Casa para que os dois turnos exigidos para a votação da PEC Emergencial (Proposta de Emenda à Constituição 186/2019) ocorram no mesmo dia: a próxima quarta-feira (3). O líder da minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT-RN), defende o fatiamento da proposta, para que o trecho que desvincula recursos de saúde e educação seja tratado separadamente. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Medicamentos terão reajuste em abril
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA