Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

EDUARDO PÓVOAS

A nostálgica Cuiabá

Sempre que encontro com um amigo de infância lembramos dos dias maravilhosos que passamos na nossa juventude pelas ruas e praças da nossa querida Cuiabá.

Não só pelas ruas e praças, mas também nos salões dos Clubes Feminino, Dom Bosco, Náutico e Antonio João.

Era uma Cuiabá limpa, sem crimes, sem assaltos, poética, que tinha filhos ilustres que lhe davam a prerrogativa de ser berço da cultura estadual.

Claro, isso é coisa do passado, coisa de uma cidade provinciana de 80 mil habitantes diferente de uma capital com quase um milhão.

Pensemos na possibilidade de se viver em uma cidade justa, moderna e que ofereça melhores condições de vida a seus habitantes.
Feliz de nós que tivemos a oportunidade e o prazer de nela sairmos de manhã com nossos estilingues à caça de pombas e rolinhas.

Feliz de nós que pegávamos nossas bicicletas enfrentando a poeira desconcertante do pico do amor a caminho do rio Coxipó. Saudade de um rio cristalino com aguas puríssimas onde passávamos horas dentro de seu leito.

Leia Também:  PSC lança Abilio como pré-candidato a prefeito de Cuiabá

Bem que o poder público poderia pensar na possibilidade de entregar à população, revigorado, limpo e puro, esse que foi uma das maiores diversões do cuiabano.

O rio Sena que divide a cidade de Paris, depois de totalmente poluído, graças ao poder público, está totalmente revigorado, que hoje com praias artificiais, voltou a fazer parte das atrações turísticas da maravilhosa capital francesa.

Guardada as devidas proporções, precisamos olhar com carinho para o nosso rio Coxipó, lendário e que fez parte de nossas vidas.

Que bom se a gurizada pudesse ir para a porta do Cine Teatro Cuiabá trocar gibis e depois assistir a um Far West ao invés de assistir as imoralidades que a telinha apresenta hoje. Que bom se a juventude ao invés de ficar horas a fio assistindo um Big Brother, pudesse ir para a praia do Clube Náutico, assar uma carne e jogar futebol, sonhos e realidades que fizeram parte de alguns privilegiados, como eu, que nesta terra viveram.

Brigas para restaurar estas e outras páginas que fizeram parte da vida de muita gente, é a que gostaríamos de assistir entre os nossos políticos.

Leia Também:  Bolsonaro e a América do Sul

Pensemos na possibilidade de se viver em uma cidade justa, moderna e que ofereça melhores condições de vida a seus habitantes. O futuro bate a porta da maioria dos cuiabanos. Não deixe a sua fechada quando for chamado. Permita-lhe fazer parte desse sucesso.

Nestas linhas um cuiabano inveterado tenta expressar a sua paixão pela capital verde.

Parabéns Cuiabá.

EDUARDO PÓVOAS é odontólogo.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Opinião

Leões da ascensão

Caros leitores gostaria aqui de dividir uma experiência que venho tendo e atualmente ocupa parte considerável de meu tempo, a Academia MBL

Em tempos de pandemia, crise sanitária, milhares de mortos e o abismo econômico vivenciado no desemprego e desalento de milhões de brasileiros a discussão política pode parecer distante, mas aproxima a compreensão e mudança de cenário dos fatos adversos mencionados anteriormente.

Compreendendo a mescla de aulas teóricas, atuação prática e desenvolvimento de atividades de acordo com a matriz de personalidade(cujos participantes são divididos em “Casas”:Alexandria, Atenas e Esparta) de acordo com os atributos e demais características dos participantes.

Nessa amalgama incomum encontra-se os Leões da Ascensão,grupo o qual faço parte, com pessoas das mais distintas faixas etárias, profissão, regiões e com personalidades distintas, sim somos ainda de “Casas” distintas.

O ambiente virtual das aulas somada a experiência virtual com os outros colegas é um desafio constante para todos os participantes da Academia MBL, a qualidade do curso, seus professores e o conhecimento transmitido é um capítulo a parte, mas que é impecável diga-se de passagem.

Leia Também:  MP 897 e 899

Neste pequeno texto, neste enxerto de opinião, gostaria de parabenizar todos os alunos e casas, pela dedicação, abnegação e compromisso em mudar a realidade que vivemos, com alguns passos ousados e outros singelos(como melhorar a si mesmo aprendendo mais), mas todos com significado especial, pois é isso que mudará o mundo.

Juliano Rafael Teixeira Enamoto é advogado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA