Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

SAÚDE

Prefeitura de Diamantino assume gestão do Hospital São João Batista

Mato Grosso Mais – Da redação

 

O Prefeito de Diamantino, Manoel Loureiro Neto, agiu rápido como se espera de um bom gestor e encaminhou Projeto de Lei 09/2021, que autoriza a encampação do Hospital e Maternidade São João Batista pela Prefeitura Municipal de Diamantino – MT.

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), presidida pelo vereador Diocélio Antunes Pruciano (PDT) sob relatoria da vereadora Michele Carrasco (DEM) produziu o Relatório 002/2021, que indica a necessidade urgente de intervenção na gestão do referido Hospital bem como apurações de apontamentos que serão encaminhados aos Órgãos competentes para possível oferecimento de Denúncia pelo MP e Órgãos correlatos.

Tanto a Prefeitura Municipal quanto a Câmara Municipal de Diamantino, agiram com responsabilidade e encontraram um caminho menos penoso para o povo, que clama pelos atendimentos da saúde pública. Um dos reflexos positivos é que com a encampação, profissionais médicos e auxiliares que haviam deixado o Hospital, agora tendem a retornar com os atendimentos na unidade.

“Estamos vibrantes e alegres, estávamos extremamente prejudicados por um atendimento precário e agora teremos nosso hospital atendendo com qualidade, uma das atividades mais prejudicadas foi a Pediatria, esperamos que tudo se normalize e se tiver culpados que sejam apuradas possíveis irregularidades” disse um importante empresário local.

Leia Também:  Polícia Civil e TJMT inauguram unidades de atendimento ao torcedor na Arena Pantanal

“Graças a Deus e ao esforço de nossos vereadores e a rapidez do Prefeito em agir, teremos de volta às atividades completas do hospital, estávamos muito inseguros principalmente quanto a Ala da pediatria, glória a Deus” afirmou uma mãe e empresária do ramo de Construções de Diamantino.

Para a vereadora Michelle Carrasco, relatora da CPI, a encampação do Hospital pelo Município devolve aos cidadãos diamantinenses a possibilidade de um atendimento mais completo e ainda mais acessível pelos mais necessitados através do SUS .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Municipios

Poder Executivo de Barra do Garças apresenta balanço da gestão municipal

Ari Miranda Da Redação RDM

O prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves de Macedo (PSD), apresentou nesta quinta (2/12) a prestação pública de contas e o levantamento financeiro do município. A reunião contou com a participação de secretários, vereadores, cidadãos e o vice-prefeito, professor Sivirino dos Santos.

Dr. Adilson destacou que, ao assumir a gestão, em janeiro deste ano, Barra do Garças contava com uma dívida de mais de R$ 93 milhões, acumulada entre os anos de 2003 e 2020. O montante é decorrente de financiamentos, INSS, dívidas diversas com fornecedores, prestadores de serviço, multas ambientais e rescisões de contratos, além de maquinários sucateados e prédios públicos recém-reformados, porém em péssimo estado de conservação, ressaltando que, devido à alta quantia de dívidas, o município teve de entrar com uma liminar na Justiça para não perder convênios.

“Enfrentamos muitas dificuldades no início em razão da situação financeira que estava a prefeitura. Tivemos sérios problemas para conseguir certidões e também com dívidas que foram aparecendo ao longo do período. Passados 12 meses da gestão, estamos com grande parte das dividas pagas. Ainda não colocamos a casa totalmente em ordem, mas estamos com a prefeitura ‘nos trilhos’, e agora é possível planejar o futuro da nossa cidade”, explicou Dr. Adilson, destacando que desde janeiro, a Prefeitura já pagou R$ 7.934.530,42 do parcelamento das dívidas.

Leia Também:  Auxílio Emergencial: Caixa deposita 5ª parcela para novo grupo; veja quem recebe

Questionado sobre as dívidas e os problemas ‘herdados’ de outras gestões, Dr. Adilson não criticou ou culpou os gestores anteriores , enfatizando que este não foi e nem é seu propósito enquanto gestor.

“Não gosto de fazer comentários pejorativos sobre nenhum dos prefeitos que por aqui passaram, nem mesmo comparações esdrúxulas entre. Não adianta nada ficarmos reclamando das gestões passadas, precisamos arregaçar as mangas e resolver o problema. E esta é a nossa missão: trazer a solução e dar uma resposta à altura para a sociedade barra-garcense”, asseverou.

O vice prefeito, professor Sivirino dos Santos (PSD) , afirmou a importância da prestação de contas , enfatizando que o momento não é de desunião, mas de união de toda a população de Barra do Garças.

“A decisão do prefeito de fazer essa prestação anual de contas foi muito acertada, pois a gente ouve algumas afirmações que nos entristecem. Por isso, é de fato importante que a população saiba o que está acontecendo na administração, mostrar a realidade e evitar boatos. Barra do Garças precisa se reencontrar e voltar a pontuar nos rankings positivos do nosso estado, e assim voltar a ser uma das potências de Mato Grosso”, concluiu.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA