Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MANUAL

Portaria institui avaliação integrada para obras de Habitação e Saneamento

Os empreendimentos de habitação e saneamento serão avaliados com uma nova metodologia. A medida foi definida pela Portaria 1.320/2021. Entre as novidades está a disponibilização do Manual de Orientações que traz diretrizes e planilhas para o cálculo dos indicadores previstos para cada modalidade do saneamento. O objetivo é minimizar inconsistências no preenchimento das informações pelos Estados e Municípios, além de padronizar a recepção desses dados pela Caixa Econômica Federal e estruturar um banco de dados consistente para aprimoramento dos procedimentos de avaliação dos resultados das políticas públicas.

Com as medidas, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) busca orientar o processo de avaliação integrada dos resultados pós-intervenção dos programas de urbanização de assentamentos precários vinculados ao Programa de Atendimento Habitacional por meio do Poder Público (Pró-Moradia). Estes são operacionalizados com recursos do Orçamento-Geral da União (OGU) e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do programa de apoio à melhoria das condições de habitabilidade de assentamentos precários, do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS) que envolvam obras de abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem urbana, saneamento integrado dos projetos de urbanização de assentamentos precários contratados pelos governos estaduais e municipais.

Leia Também:  Ministro Gilmar Mendes completa 19 anos no STF

A avaliação será realizada considerando toda a área de intervenção e de reassentamento definidas nos projetos de engenharia, de arquitetura, ambiental e do trabalho social. No entanto, as ações que devem ser objeto da avaliação são aquelas que compõem o empreendimento contratado e apoiado com recursos de programas sob gestão da Secretaria Nacional de Saneamento e da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério e, quando houver, com recursos das respectivas contrapartidas, excluindo-se as ações apoiadas inteiramente por outras fontes de recursos.

Por fim, os gestores municipais devem estar atentos, visto que, para fomentar uma cultura de avaliação aos atores envolvidos – não só em âmbito local, mas de forma geral, da política pública-, as informações, encaminhadas por meio de planilhas que alimentarão a base de dados, são consideradas imprescindíveis para qualidade e confiabilidade dos processos de avaliação. Tais inovações possibilitam o atendimento de um dos principais objetivos do MDR com esse processo, que é gerar informações sistematizadas acerca dos resultados dos empreendimentos apoiados com recursos da União.

Leia Também:  Obras de pavimentação do bairro São João Del Rey estão à todo vapor e rua receberá rede de esgoto

Confira os documentos disponibilizados para a avaliação dos empreendimentos.

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Municipios

Covid-19: média de mortes no país atinge menor nível desde fevereiro

O número de mortes diárias por covid-19 no país, segundo a média móvel de sete dias, divulgada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, chegou ontem (20) a 1.192. Esse é o menor patamar desde 27 de fevereiro, quando houve uma média de 1.178 óbitos.

De acordo com os dados da Fiocruz, as mortes também registraram quedas de 23,5% em relação a duas semanas antes e de 42,2% na comparação com um mês atrás.

A média de ontem está abaixo da metade do pico da pandemia anotado em 12 de abril deste ano, quando os óbitos diários atingiram 3.124. Apesar disso, ainda se encontra acima do número mais alto observado em 2020 (1.097 em 25 de julho daquele ano).

Casos

O número de casos, também segundo a média móvel de sete dias, chegou a 38.206 ontem, o menor nível desde 6 de janeiro (36.376). Foram observados recuos de 21,7% em relação a 14 dias antes e 48,1% na comparação com um mês atrás.

Leia Também:  Jair Bolsonaro caiu: VEJA VÍDEO que gerou comentário de duplo sentido no fim de semana

A média móvel de sete dias é calculada pela Fiocruz através da soma dos registros do dia em questão com os seis dias anteriores e da divisão do resultado por sete.

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA