Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

CUIDADOS

AMM recomenda aos gestores adoção de  medidas para evitar aglomerações neste final de ano  

A Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, encaminhou uma nota de recomendação a todos prefeitos, baseada nas orientações da Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado, em relação as medidas a serem tomadas devido ao aumento de casos da Covid-19, nas últimas semanas, em todo o País e em Mato Grosso.

Considerando a aproximação do final do ano, com as comemorações do Natal e do Reveillon, período tradicional de festas com queima de fogos e shows, que geram aglomerações de pessoas. A alerta é para que os gestores adotem medidas para evitar as aglomerações que tem como consequência, o aumento da contaminação pelo novo coronavírus.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, ressalta a necessidade do cancelamento dos eventos nos municípios, a fim de evitar uma segunda onda de expansão da pandemia. “É extremamente necessário que os gestores e técnicos municipais estejam sempre atualizados e trabalhando em consonância com as orientações dos órgãos de saúde, para a prevenção e cuidado da população, diante do crescimento de casos da Covid-19”, disse ele, uma vez que a capacidade de propagação do vírus é rápida, e exige maior atenção para a notificação e a intervenção oportuna dos casos.

Leia Também:  Monitor indica aumento de estiagem em sete estados brasileiros

Vários municípios de Mato Grosso já editaram decretos cancelando as festas de Reveillon. O avanço do contágio do vírus, coloca não só o estado, mas os municípios em uma situação extremamente crítica, uma vez que boa parte das prefeituras não possuem capacidade de atendimento de casos graves da doença, o que demanda transferências de pacientes. Além disso a oferta de leitos hospitalares não é suficiente, na maioria na maioria dos municípios do interior.  “Sem a adoção das medidas preventivas, se torna inevitável um novo pico de contágio da doença, uma chamada segunda onda, como já está acontecendo em alguns Estados e Países”, argumentou.

Os gestores municipais, são recomendados a cancelar os eventos promovidos pelo poder público ou por instituições privadas, além da restrição do número de pessoas em bares e restaurantes durante o período festivo, bem como as medidas necessárias dos estabelecimentos para o devido espaçamento entre as mesas e demais cuidados. As orientações para o momento, poderão ser reavaliadas conforme mudanças no cenário nacional e estadual de evolução da Covid-19.

Leia Também:  Prefeitura de Alto Taquari realiza audiência pública para avaliação das metas fiscais do 3º quadrimestre de 2018
Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Municipios

Câmara instala nesta quinta comissão que vai revisar leis de combate ao racismo

A Câmara dos Deputados promove nesta quinta-feira (21), às 11 horas, uma reunião virtual para instalar a Comissão de Juristas que estudará o aperfeiçoamento das leis de combate ao racismo estrutural e institucional no Brasil.

O evento ocorrerá por meio da plataforma Zoom, e será transmitido pelos veículos de comunicação da Câmara e pelas redes sociais da instituição.

A comissão foi criada em dezembro do ano passado, conta com 20 membros e tem como presidente o ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O relator é o advogado e professor Silvio de Almeida, autor do livro “Racismo estrutural”.

Da Redação – RS

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Auxílio emergencial: 5,6 milhões têm acesso ao benefício nesta terça
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA