Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MELHORIAS

Deputado Claudinei destaca resultados alcançados na segurança pública de MT

Da Redação com Assessoria ALMT

Com forte atuação na segurança pública desde o início do mandato parlamentar, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) garantiu bons resultados, neste segundo semestre de 2021, para o setor. Dentre eles, foi a nomeação de novos servidores para amenizar o déficit de pessoal nas instituições da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e sistema penitenciário.

 “Um dos meus propósitos quando decidi entrar na política foi fortalecer a segurança pública, que há anos ficou esquecida. Atuei como delegado de polícia por mais de 18 anos, sentia a falta de uma representante da sociedade entrar em contato para levantar as principais necessidades das instituições de segurança e solucioná-las. Não só a falta de efetivo, como a necessidade de equipamentos, viaturas, materiais e melhorias nas estruturas físicas para a execução dos trabalhos por parte dos servidores e atendimento à população”, explica o parlamentar.

 Déficit

 Claudinei fez muitas cobranças ao governo de Mato Grosso para suprir a falta de efetivo, após ter identificado essa situação em 13 polos regionais da Região Integrada de Segurança Pública de Mato Grosso, no ano de 2020, como presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa. Um dos avanços foi, em agosto deste ano, quando o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou a realização de novos concursos públicos para a PJC, Politec, Polícia Militar (PM) e Corpo de Bombeiro Militar (CBM).

“Em agosto, o governo anunciou os novos concursos. É uma cobrança antiga nossa, na Assembleia. A última informação que obtivemos, neste mês de dezembro, é que foi autorizado a contratação da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, com dispensa de licitação, para organizar o concurso. Isso mostra a urgência para o atendimento dessa reivindicação”, explica o parlamentar.

Resultados

 Em novembro, Claudinei marcou presença na solenidade de entrega do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA), no Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Brasília (DF), que garantiu a destinação de 20 viaturas que atenderão a região de fronteira de Mato Grosso. Essa foi uma das reivindicações do parlamentar que havia apontado a necessidade de substituição de viaturas, em especial, aos polos regionais de Tangará da Serra, Pontes e Lacerda e Cáceres.

Leia Também:  Japão pede a governos locais medidas para acelerar vacinação

Outros resultados alcançados pelo parlamentar foi a ampliação da estrutura física do 10° Comando Regional da PM e o anexo da Força Tática reformado, no final de agosto, em Vila Rica. Outra unidade atendida pela gestão parlamentar, no mesmo mês, foi o anúncio da gestão estadual para a construção e reforma predial do Núcleo da PM, em Itaúba.

 O deputado destinou R$ 990 mil para a Polícia Civil, com emendas de 2020, sendo que esse investimento beneficiou mais de 20 delegacias de polícia do interior. Com o valor foi possível a aquisição de 413 mesas, 280 cadeiras, 36 longarinas, 131 estantes e 230 armários de aço, 27 microondas, 27 fogões, 295 ares-condicionados de 12.000 BTU, 129 de 18.000 BTU e 61 bebedouros.

 No período, Claudinei chegou a formalizar a entrega para mais 15 delegacias de polícia das regiões sul e sudeste de Mato Grosso. Outras unidades beneficiadas pertencem aos municípios de Alto Garças, Alto Taquari, Alto Araguaia, Itiquira, Guiratinga, Pedra Preta, Juscimeira, Jaciara, Dom Aquino, Poxoréu, Rondonópolis, Vila Rica, Nova Ubiratã, Barra do Garças, Campo Verde, São Félix do Araguaia, Colniza e Paranatinga.

Emendas

 Neste semestre, o deputado já realiza a programação para a destinação de novas emendas parlamentares para o ano de 2022. Enquanto são definidas, garantiu, até momento, o repasse dos recursos de 2021 aos beneficiários de Alto Garças, Porto Alegre do Norte, Alto Araguaia, Jaciara, Rondonópolis, Pedra Preta, Itiquira, Poxoréu, Vila Rica, Alta Floresta, Nova Monte Verde e Juscimeira.

 Neste ano foram indicadas emendas parlamentares, o que totalizou o valor de R$ 2.273.199,00 para a área da segurança pública, R$ 1.109.965,00 que serão investidos na saúde, R$ 465.000,00 ao esporte, R$ 555.814,00 para a cultura, R$1.821.000,00 que atenderá a educação, R$ 272.000,00 que vai beneficiar a assistência social e R$ 543.190,00 que serão aplicados na área da infraestrutura. Vale ressaltar que o parlamentar indicou ainda o valor de R$ 1 milhão, acrescido do duodécimo da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, para atender a Associação de Pacientes Oncológicos de Rondonópolis (Apor).

Leia Também:  Conselho Monetário atende apelos e amplia os limites de financiamentos; MT terá R$ 853 milhões

 Mandato

O parlamentar já acumulou 1.591 proposições na Casa de Leis desde o início de seu mandato. Neste semestre, ele apresentou 215 indicações, 26 moções de aplausos, 10 moções de pesar, nove projetos de lei, sete projetos de resolução, uma proposta de emenda constitucional e 33 requerimentos.

 No mês de dezembro foi sancionada pelo Executivo, a Lei n.° 11.578/2021 de autoria de Claudinei, que dispõe sobre a obrigatoriedade de empresas, lojas, concessionárias ou estabelecimentos congêneres de disponibilizar laudo cautelar veicular ao consumidor que faz a aquisição de automóveis. A matéria foi proposta a fim de gerar total respaldo aos compradores de veículos, sem ter nenhum tipo de prejuízo futuro que não esteja condizente ao ofertado.

Neste mesmo mês, também foi sancionada outra Lei do parlamentar de n.° 11.632/2021 que declarou de utilidade pública a Associação de Oficiais da Reserva do Exército em Mato Grosso (AORE/MT) de Cuiabá. No mês de setembro, foi promulgada pela Assembleia Legislativa a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) n.° 100/2021 que proíbe a reeleição de presidente e primeiro-secretário na mesma legislatura, apresentada por Claudinei e Wilson Santos (PSDB) e Ulysses Moraes (PSL).

Mídia

Para melhor transparência com a sociedade mato-grossense, foram realizadas 159 matérias jornalísticas com a divulgação das ações do parlamentar. As estatísticas das redes sociais apontam positivamente a interação com os internautas, tanto que foram divulgadas 655 publicações no Facebook e houve um acréscimo de 345 curtidas e 552 novos seguidores, totalizando 48.433 integrantes na página. Já no Instagram foram feitas 503 publicações e 1.182 passaram a seguir o perfil, totalizando 9.966 seguidores que acompanham os trabalhos do parlamentar na mídia social.

Além da segurança pública, o deputado Delegado Claudinei possui uma forte atuação nas áreas de infraestrutura, saúde e educação. Esse é o primeiro mandato parlamentar dele, sendo o quinto mais votado na 19° Legislatura e o primeiro delegado de polícia eleito no Parlamento estadual com aproximadamente 30 mil votos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Legislativo

Merenda escolar pode ser enriquecida com mel e derivados em MT

Da Redação com Assessoria

O mel de abelha e seus derivados podem se tornar itens obrigatórios no cardápio das escolas da rede pública de Mato Grosso. É o que prevê o Projeto de Lei (PL) nº 12/2022, apresentando pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT) na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT).

Segundo o autor da proposta, o mel e seus derivados deverão ser adquiridos, pelo Governo do Estado, diretamente de apicultores, produtores da agricultura familiar, da economia popular solidária e dos empreendimentos familiares rurais de todo o estado.

Deputado Valdir Barranco / PT. (Foto: ALMT)

“Temos que oferecer esse forte estímulo à apicultura do estado. Precisamos promover a proteção de abelhas com a criação racional, aumentar a produção de mel, melhorar a qualidade de alimentação nas escolas e proporcionar o aproveitamento do potencial produtivo das pequenas propriedades, melhorando a produtividade agrícola com a polinização, gerando renda para o pequeno agricultor e viabilizando sua permanência no campo”, explicou o parlamentar.

Barranco também lembrou que um dos grandes desafios das escolas públicas é oferecer alimentação saudável, nutritiva e gostosa para os estudantes, e que o mel é um alimento de alta qualidade, rico em energia e inúmeras outras substâncias benéficas ao equilíbrio dos processos biológicos de nosso corpo.

Leia Também:  Prova obtida com abertura de correspondência sem autorização judicial é ilegal

“A introdução do mel na alimentação escolar vai enriquecer e colaborar com o desenvolvimento físico e intelectual das crianças e adolescentes, jovens e adultos, além de poder ser utilizado para a substituição do açúcar para adoçar sucos e outros alimentos, e auxiliar na redução do crescente aumento da obesidade e diabetes infantil e juvenil”, finalizou o deputado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA