Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

JUDICIÁRIO

Encontro dos Cejusc’s quer expandir a ‘cultura da paz’ em Mato Grosso

Da Redação com Assessoria

O Poder Judiciário de Mato Grosso reservou dois dias para debater políticas de solução adequada dos conflitos durante a realização do V Encontro dos Cejuscs do Estado de Mato Grosso, nos dias 22 e 23 de novembro, das 8h30 às 12h e das 14h30 às 18h30. O evento tem como objetivo também promover a integração de magistrados com trabalhos afetos ao tema, disseminando a cultura da paz no Estado de Mato Grosso.

Realizado na modalidade híbrida, o evento é voltado exclusivamente para juízes coordenadores dos Centros Judiciários de Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de todo o Estado. Assim, a parte presencial será realizada na sede da Escola Superior da Magistratura, enquanto a parte virtual será transmitida pela plataforma Teams. Em ambas as situações é necessária inscrição. O evento é coordenado pela juíza Cristiane Padim.

Na abertura, está programada a presença dos desembargadores Maria Helena Gargaglione Póvoas (presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso); Maria Aparecida Ribeiro (vice-presidente do TJMT); José Zuquim Nogueira (corregedor-geral da Justiça), Mário Roberto Kono de Oliveira (presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJMT); Clarice Claudino da Silva (Presidente do Núcleo Gestor da Justiça Restaurativa) e Serly Marcondes Alves (Presidente do Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais).

Na ocasião serão abordados os seguintes temas: Democratizando o acesso à Justiça; A Importância da comunicação como ferramenta na solução de conflitos; Mediação nos casos de improbidade administrativa e Papel dos CEJUSC’S na Execução da Justiça. Também serão apresentadas boas práticas e debatidas nas seguintes temáticas: Gestão administrativa do Cejusc; Gestão inteligente de pautas – integração Cejusc e Juizados Especiais; Cejusc da saúde pública – instalação, processo de trabalho e competência; Cejusc Empresarial e Cejusc Virtual Estadual – funcionamento e competência.

Para se inscrever para a participação presencial, clique AQUI.
Para particilar no modo virtual pela plataforma Teams , clique AQUI.
Mais informações sobre o evento falar com a equipe da Esmagis, pelo telefone (65) 3617-3844 ou pelo e-mail [email protected]
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pessoas que tomaram 1ª dose da Pfizer há 56 dias poderão antecipar a 2ª dose à partir desta semana em Cuiabá
Propaganda

Judiciário

Tribunal de Justiça de MT conquista ‘Selo Ouro’ do CNJ

Da Redação com Assessoria

 O Tribunal de Justiça de Mato Grosso conquistou a maior pontuação alcançada na história estadual e a maior pontuação entre os tribunais brasileiros que ganharam o Selo Ouro no Prêmio CNJ de Qualidade. Com 76,79% o tribunal mato-grossense se destaca ao longo dos anos com o aumento de pontos nos requisitos estabelecidos pela Corte Nacional.

A cada edição, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aumenta os requisitos e consequentemente a pontuação dos eixos temáticos. No ano passado o Prêmio tinha um total de 1.410 pontos e o Tribunal de Justiça de Mato Grosso obteve 919,67 pontos.
 
Este ano a pontuação do Prêmio é de 1705 e o TJMT somou 1.278,49 pontos (76,79%). Mesmo permanecendo com o Selo Ouro, essa marca deixa a Justiça estadual muito próximo do Selo Diamante.
Sete Tribunais de Justiça estaduais conquistaram o Selo Ouro: Mato Grosso (76,79%); Sergipe (76,50%); Acre (75,28%); Paraná (73,36%), Tocantins (69,05%); Amapá (66,99%) e Santa Catarina (66,90%).
Quatro eixos temáticos são avaliados no Prêmio CNJ de Qualidade: Governança, Produtividade, Transparência, Dados de Tecnologia.
O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (3 de dezembro), durante o 15º Encontro Nacional do Poder Judiciário, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Brasil tem quase 9 mil vagas de concurso; salários chegam a R$ 20 mil
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA