Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

RECOMENDAÇÃO

PIS/Pasep adiado: saiba quem ainda pode sacar o abono de até R$ 1.100 em 2021

Por recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU), o governo federal decidiu que os trabalhadores que deveriam receber o abono salarial de 2020 a partir do segundo semestre só terão acesso ao dinheiro em 2022 . No entanto, quem ainda não sacou o abono do PIS/Pasep referente ao ano-base 2019 ainda pode fazer a retirada até o dia 30 de junho.

Ao todo, mais de um milhão de pessoas deixaram de buscar o abono de 2019. Desse total, aproximadamente 887 mil recebem o PIS , pago pela Caixa Econômica Federal para trabalhadores da iniciativa privada, representando um montante de R$ 625,9 milhões.

Os outros 208 mil que não buscaram o abono do Pasep , pago pelo Banco do Brasil a servidores, militares e empregados de empresas públicas, representam um saldo de R$ 96 milhões.

O pagamento do abono salarial ano-base 2019 começou em julho de 2020 e terminou no dia 11 de fevereiro, mas a retirada poderá ser feita até o 30 de junho. Após esse prazo, os recursos voltam para a conta do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Leia Também:  Procon Cuiabá cobra transparência na divulgação dos impostos cobrados nos combustíveis

Quem tem direito?

Tem direito ao abono salarial o trabalhador que recebe até dois salários mínimos , esteja há pelo menos cinco anos inscrito no PIS/Pasep e tenha trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base.

É preciso ainda que os dados do trabalhador estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018 e/ou 2019.

O valor do benefício varia conforme o número de meses trabalhados, atingindo o máximo de um salário mínimo (R$ 1.100) para quem trabalhou durante os 12 meses do ano. Quem trabalhou por um mês, por exemplo, tem direito a R$ 92 de abono.

Você viu?

Como consultar e sacar o PIS

O trabalhador pode consultar se tem direito ao benefício por meio do aplicativo Caixa Trabalhador, do site da Caixa (www.caixa.gov.br/abonosalarial) ou pelo atendimento telefônico 0800-7260207.

É possível sacar nos terminais de autoatendimento da CAIXA, nas Lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada.

Caso não tenha o cartão, o dinheiro pode ser sacado nas agências, mediante apresentação de um documento oficial de identificação.

Leia Também:  ONU recebe mais de US$ 305 milhões para Fundo de Emergência de 2021

O recebimento do benefício também pode ser realizado por meio do crédito direto em conta individual com movimentação e saldo: conta-corrente, poupança, conta Caixa Fácil ou Conta Poupança Social Digital.

Como consultar e sacar o Pasep

O servidor público pode consultar se tem direito ao Pasep no site www.bb.com.br/pasep ou por meio do telefone 0800-7290722.

Os pagamentos do abono salarial são realizados com crédito em conta para os correntistas e poupadores do BB.

Os demais podem receber via transferência bancária ou efetuar o saque nas agências, mediante a apresentação de um documento oficial de identificação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Plenário aprova formulário para avaliar risco de violência contra a mulher

O Senado aprovou nessa terça-feira (13) a criação do Formulário Nacional de Avaliação de Risco e Proteção à Vida, conhecido como Frida, a ser aplicado preferencialmente pela Polícia Civil no momento do registro da ocorrência de violência doméstica e familiar contra a mulher. Seu preenchimento permite a classificação da gravidade de risco e a avaliação das condições físicas e emocionais das vítimas.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara Municipal de Cuiabá instala ponto de coleta do Projeto Tampatinhas
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA