Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

GERAL

Emanuel recebe 3ª dose e anuncia que UBS’s atenderão em horário ampliado na Capital

Com o aumento exponencial de casos diagnosticados de enfermidades decorrentes da variante do vírus Influenza em todo o país e com o crescimento recente do número de casos decorrentes do novo coronavírus, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, anunciou que a partir desta segunda-feira (10) todas as unidades básicas de saúde vão atender das 7h às 17h, sem fechar no horário de almoço. O anúncio foi feito no polo de vacinação da UNIC, onde o gestor esteve para receber a dose de reforço da vacina contra o coronavírus.

“Estou editando um decreto hoje determinando que todas as unidades básicas de saúde abram das 07h da manhã às 17h, inclusive atendendo no horário de almoço. Atualmente elas abrem das 07h às 17h, mas fecham o atendimento entre 11h e 13h. Estou determinando o atendimento direto das 07h às 17h, de segunda a sexta-feira. Se houver necessidade de abertura nos fins de semana, Deus queira que não haja, mas numa iminência de colapso, neste decreto estou dando poder aos secretários para que possam não só suspender as férias de servidores, se houver necessidade, bem como determinar a abertura das unidades nos finais de semana”, disse Emanuel.

Leia Também:  FAB intercepta aviões com 1,1 tonelada de cocaína; um deles pousa em Rondonópolis

O decreto determina também a suspensão temporária dos agendamentos, atendimentos ambulatoriais e procedimentos médicos eletivos nas unidades básicas de saúde de Cuiabá, que não demandem urgência. As medidas previstas no decreto estarão em vigor pelo prazo de 60 dias, podendo ser prorrogadas, considerando a evolução da síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave no Município.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Morre nos EUA o escritor Olavo de Carvalho, aos 74 anos

EBC

O filósofo e escritor Olavo de Carvalho morreu nessa segunda-feira (24), aos 74 anos, nos Estados Unidos, onde vivia. A informação foi dada pela família nas redes sociais do escritor.

“Com grande pesar, a família do professor Olavo de Carvalho comunica sua morte na noite de 24 de janeiro, na região de Richmond, na Virgínia, onde se encontrava hospitalizado”. Natural de Campinas, em São Paulo, ele deixa a esposa, Roxane, oito filhos e 18 netos. A causa da morte não foi divulgada. Recentemente, Olavo esteve internado em hospital no Brasil com problemas cardíacos.

No Twitter, o presidente Jair Bolsonaro lamentou a morte do escritor. “Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do país, o filósofo e professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Olavo foi gigante na luta pela liberdade e farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre”, afirmou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Batalhão Rotam prende homem com maconha e armas de fogo no Carumbé
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA