Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

LUTO

LUTO NO PAIAGUÁS: Mãe da primeira-dama de MT morre vítima da covid

Euridice Gomes da Silva, 78 anos, mãe da primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, morreu na noite desta segunda-feira. Euridice ficou internada por 10 meses se recuperando da covid e após sair do hospital, foi infectada novamente pelo vírus.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, externou condolências à primeira-dama, ao governador Mauro Mendes e todos os familiares. Como amigo da família, ele fez questão de destacar o quanto dona Euridice era querida por todos os que a conheciam.

“Dona Euridice foi uma pessoa extremamente alegre, divertida e que fazia questão de agradar a todos. O que ela mais gostava era de reunir a família e ter todos por perto. Estou muito triste com o falecimento dela e eu e toda minha família vamos sentir muita falta de ter a companhia dela em nossos encontros. Era uma pessoa muito religiosa e, por isso, tenho certeza de que irá descansar nos braços de Deus. Estamos todos em oração para que Deus dê conforto a Virginia, ao Mauro e aos netos. É uma perda irreparável para toda a família e amigos”, disse Mauro Carvalho.

Leia Também:  Ministro destaca que produção de alimentos em MT é a mais ecológica do mundo

Dona Euridice foi infectada com a Covid-19 em julho de 2020 e travou uma batalha contra a doença, permanecendo internada em um hospital de São Paulo por 10 meses. No final de abril, ela recebeu alta hospitalar e retornou para casa em Cuiabá, para continuar o tratamento. Porém, foi reinfectada após 10 dias e, infelizmente, não resistiu às complicações da covid-19.

Dona Euridice sempre fez questão de estar próxima da família e deixa a filha Virginia, o genro Mauro e os netos Ana Carolina, Luiz e Maria Luiza.

Repórter MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Executivo

“O progresso não pode parar!”, diz Pivetta ao assumir o Paiaguás

O vice-governador, Otaviano Pivetta (sem partido), assumiu o Governo de Mato Grosso nesta terça-feira (26), devido a viagem internacional do governador Mauro Mendes (DEM) para representar o Estado na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP 26), na Dinamarca e Escócia. Pivetta ficará no cargo por dez dias, até o retorno de Mendes.

“O progresso não pode parar! Hoje, assumo como Governador do Estado de Estado de Mato Grosso, em função de uma importante agenda institucional que Mauro Mendes estará liderando na Europa até a semana que vem. O Governo está unido e alinhado no mesmo propósito”, diz publicação de Pivetta no Instagram.

Veja:

ÚnicaNews

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ações da primeira-dama de Mato Grosso são referencia para o país
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA