Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

PAGAMENTO

Governador divulga cronograma de pagamento de salário e 13º dos servidores estaduais

O governador Mauro Mendes divulgou, na manhã desta terça-feira (04.01), o calendário de pagamento do salário e do 13º dos servidores públicos estaduais para o ano de 2022.

O cronograma apresentado pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) mantém a garantia do pagamento da remuneração dentro do mês trabalhado, em alguns meses até antes do dia 30.

De acordo com o governador, o pagamento no mês de trabalho continua a ser possível devido às medidas tomadas desde o início da gestão, que possibilitaram consertar as finanças do Estado, realizar o maior pacote de investimentos da história, pagar servidores e fornecedores em dia, e até mesmo reduzir impostos ao cidadão.

“Essa estabilidade dá segurança aos servidores para planejarem seu orçamento doméstico. Nosso compromisso de salário em dia e até o dia 30 continuará a ser cumprido rigorosamente, pois criamos as condições necessárias para isso, da mesma forma que vamos pagar a RGA a todos os servidores em percentual acima do planejado”, relatou.

De acordo com o calendário, o 13º salário do servidor efetivo será pago em duas parcelas iguais. A primeira metade será quitada no dia 30 de junho de 2022 e a segunda no dia 19 de dezembro deste ano. Para os servidores comissionados, o pagamento será em parcela única, também no dia 19 de dezembro.

Leia Também:  Pacientes avaliam rapidez e eficácia de novo teste para detecção da Covid-19

Confira o calendário de pagamento:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Executivo

Governo investe na construção de bases da PM e moradias para militares em MT

Da Redação com Assessoria

O Governo do Estado vai investir R$ 14,3 milhões para a construção de bases e moradias para a Polícia Militar de mais três municípios de Mato Grosso. A assinatura do convênio ocorreu nesta terça-feira (18.01) e vai garantir o repasse de recursos para os municípios de São José do Rio Claro, São José do Xingu e Santa Cruz do Xingu investirem na estruturação de suas unidades da Polícia Militar.

O convênio assinado prevê a construção de um novo Batalhão para Polícia Militar em São José do Rio Claro, orçado em R$ 4,6 milhões. Em São José do Xingu e Santa Cruz do Xingu serão construídos um Núcleo da PM e uma Vila Militar, em cada um dos municípios. Ambos receberão a quantia de R$ 5 milhões.

Além desses três municípios, outros três também já foram beneficiados com os convênios, que somam um total de R$ 29,3 milhões.

Durante a assinatura, o governador Mauro Mendes destacou que a Polícia Militar estava há 24 anos sem investimentos. “Hoje temos importantes investimentos que vão criar melhores condições para atuação das forças de segurança e, com isso, uma segurança mais efetiva e real para os cidadãos mato-grossenses”, ponderou Mauro Mendes.

Leia Também:  Governador lança edital para a 1ª ferrovia estadual que vai ligar Rondonópolis a Cuiabá e Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, lembrou que a segurança de Mato Grosso está evoluindo e tanto os policiais quanto a população serão beneficiados.  “Com melhor estrutura de trabalho, o policial vai trabalhar mais feliz e isso vai melhorar a qualidade dos serviços prestados à sociedade”, disse o secretário.

O prefeito de São José do Xingu, Sandro José da Costa, agradeceu a preocupação do governador de enviar investimentos para a Polícia Militar do município. “Esses investimentos são importantes para o desenvolvimento da nossa região. Segurança é um anseio da população. Estamos dispostos a fazer tudo que for possível para execução dessas obras o mais rápido”, disse.

O prefeito do município de São José do Rio Claro, Levi Ribeiro, que foi beneficiado com a construção de um Batalhão da Polícia Militar também destacou a sensação de segurança que estes investimentos irão propiciar. “Estamos numa região que há muitos conflitos por madeira e construir um batalhão da PM para o município vai proporcionar muito mais segurança”, pontuou.

O primeiro convênio foi assinado no dia 5 de janeiro na ordem de R$ 15 milhões, para a construção de bases para Polícia Militar e Vilas Militares, nos municípios de Cocalinho, Itaúba e União do Sul. O convênio prevê a construção de três Batalhões e dois Núcleos da Polícia Militar e duas Vilas Militares, com capacidade para 12 policiais, cada.

Leia Também:  Lucimar autoriza obras de nova estação de tratamento de água
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA