Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

APLICAÇÃO

Recursos do Mais MT viabilizam a construção de 35 escolas e reforma de 40 unidades

A modernização da infraestrutura escolar receberá R$ 442 milhões, que serão aplicados para a construção de novas escolas, quadras esportivas, reforma, ampliação, climatização, manutenção, aquisição de mobiliários e atualização tecnológica da rede física das unidades. Os recursos são do Mais MT, o maior programa de investimentos do Governo de Mato Grosso, cujos recursos totalizam R$ 9,5 bilhões em quatro anos (2019/2022).

“Neste período de pandemia, em que não há aula presencial, fizemos a manutenção preventiva, corretiva, e melhoramos a infraestrutura física das nossas escolas. A equipe da Seduc está atuando em 115 escolas para prepará-las para o retorno das aulas”, explica o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, sobre as obras que começaram em todo o estado.

O programa destina recursos para a manutenção de 383 escolas, mais da metade das 758 unidades estaduais de Mato Grosso. A gestão também investirá na climatização das salas de aula – fator importante para o aprendizado que receberá atenção na destinação de recursos, afirma o gestor. A Seduc irá equipar 300 escolas com 4 mil aparelhos de ar condicionado. Até o final da gestão todas as escolas estaduais de Mato Grosso oferecerão climatização aos alunos.

O Mais MT possibilitará ainda a construção de 35 escolas, que substituirão prédios em más condições, ou sedes alugadas, e a reforma de 40 unidades de ensino. Serão construídas ainda 21 novas quadras esportivas.

Reforma e ampliação

A E.E. Mário de Castro, localizada no bairro Pedra 90, é uma das 12 escolas do Estado que têm a previsão de entrega no início de 2021. A obra amplia a unidade escolar com a construção de 16 salas de aula, e de uma quadra de esportes. A escola recebeu o investimento de pouco mais de R$ 8 milhões. 

No bairro Coophema, a E.E. Hermelinda de Figueiredo recebeu pouco mais de R$ 2 milhões para reforma e ampliação, e a E.E. Cleinia Rosalina, localizada no Residencial Itamarati, recebeu R$ 2,3 milhões para ampliação e reforma.

A Seduc entregará as escolas completas, já com mobiliário, linha branca, e tudo o que for necessário para as atividades escolares. A Secretaria Adjunta de Infraestrutura centraliza todas as etapas das obras, até a entrega das escolas prontas para uso pela comunidade escolar.

Em 2020, o Estado entregou o novo prédio da Escola Estadual Coronel Antônio Paes de Barros, no município de Barão de Melgaço (a 113 quilômetros de Cuiabá), construída com recursos públicos recuperados da corrupção. 

O Sistema Pedagógico da Seduc também receberá investimentos do Mais MT na ordem de R$ 449,4 milhões. O recurso aplicado vai permitir a implantação do sistema estruturado de ensino da educação 4.0, material de ensino apostilado para todos os estudantes, e demais tecnologias para melhoria na qualidade do ensino.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo publica regras de flexibilização do programa A Voz do Brasil
Propaganda

ECONOMIA

Emirates já reembolsou mais de R$ 9 bi aos passageiros

A pandemia alterou os planos de todas as companhias aéreas para 2020. Com voos cancelados, países fechando fronteiras e isolamento social, o fluxo de passageiros ao longo do ano foi diminuto.

Dessa forma, essa mudanças repentinas fizeram com que muitos passageiros cancelassem ou postergassem os plano de viagem, aumentando e muito a demanda nos callcenters . Para dar conta do alto volume, a Emirates multiplicou por cinco o número de atendentes em sua central de remarcação e reembolso, comparado ao nível pré-pandemia.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Além disso, ao longo dos últimos sete meses, a empresa processou mais de 1.700.000 solicitações e alterou mais de 4 milhões de bilhetes. No total, foram reembolsados cerca de AED 6.3 bi, o equivalente a 9,22 bilhões de reais aos passageiros solicitantes.

“Graças ao esforço de nossa equipe de atendimento ao cliente, e à compreensão de nossos passageiros, a Emirates acabou com a lista de espera para reembolsos. Ainda temos volumes maiores do que antes da pandemia, mas agora podemos gerenciá-los em um prazo de 7 dias.” disse Tim Clark, Presidente da Emirates.

Leia Também:  Justiça Comunitária enfrenta o fogo no Pantanal para atender ribeirinhos

O post Emirates já reembolsou mais de R$ 9 bi aos passageiros apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA