Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

MEDIDAS

Guedes celebra recuperação, mas diz que se o país fizer besteira, afunda de novo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, celebrou a recuperação da economia brasileira e disse nesta quarta-feira (25) que sua projeção de que a economia vai crescer de 3% a 4% em 2021 pode se mostrar conservadora. Ele alertou, porém, que se o país fizer besteira, “afunda de novo”. Guedes cobrou “coragem política” por reformas econômicas.

As declarações de Guedes foram feitas em evento com investidores em São Paulo, ao lado do presidente Jair Bolsonaro . “Grande desafio nosso é transformar essa recuperação cíclica – já é um fato, vai crescer 3%, 4% no ano que vem, está aí, se nós não fizermos besteira. Se fizermos besteira, afunda de novo”, afirmou o ministro.

Guedes voltou a defender publicamente a retomada da agenda de reformas econômicas no Congresso e cobrou “coragem política” dos parlamentares.

“Precisa de coragem política para fazer o que tem que ser feito. O presidente tem essa coragem, tem demonstrado isso. O Congresso é reformista, então vai acontecer”, celebrou.

Guedes disse acreditar que a Câmara aprovará nas próximas semanas o projeto de autonomia do Banco Central e defendeu que a medida é essencial para sinalizar que os recentes aumentos de preços na economia – que ele atribuiu ao pagamento do auxílio emergencial – não vão virar “alta permanente de preços que vai desmontar todo esse mecanismo de juro baixo”.

Leia Também:  Queda no mercado internacional da América Latina será de 23%

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Dólar fecha a R$ 5,36 em dia de bastante volatilidade

Num dia de bastante volatilidade, o dólar reverteu o otimismo registrado pela manhã e aproximou-se de R$ 5,40 durante a tarde, antes de desacelerar perto do fim da sessão. A bolsa de valores emendou a terceira sessão seguida de queda, depois de operar em leve alta na abertura dos negócios.

O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (21) vendido a R$ 5,364 , com alta de R$ 0,052 (+0,99%). Pela manhã, a divisa chegou a cair 1,5%, para R$ 5,23, mas a cotação reverteu a tendência perto das 12h, até fechar próxima da máxima do dia.

Você viu?

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela turbulência. O índice Ibovespa , da B3, fechou o dia aos 118.329 pontos, com recuo de 1,1%. O indicador afastou-se do nível recorde de 125 mil pontos registrado no último dia 8.

A volatilidade no mercado financeiro intensificou-se após declarações do candidato à presidência do Senado Rodrigo Pacheco (DEM-MG) de que a eventual reinstituição do auxílio emergencial será discutida na primeira semana da nova legislatura do Congresso . Mais tarde, ele afirmou que o tema será debatido com respeito às regras fiscais e ao teto federal de gastos.

Leia Também:  Governador repassa R$ 1,2 milhão para concluir obra do Hospital Lions da Visão

Uma eventual extensão do auxílio emergencial sem a compensação por outras fontes de recursos aumentaria os gastos públicos. Isso eleva a pressão sobre o mercado financeiro, que pede a continuidade das reformas estruturais, como a administrativa e a tributária.

* Com informações da Reuters

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA