Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

BASTIDORES DA REPÚBLICA

DESAFIO: Congresso Nacional adia reformas para 2022

Pressionado e cobrado por lideranças, o Congresso Nacional tem um desafio para 2022: cumprir o papel de legislar em um ano eleitoral. Enquanto o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), considera importante o Legislativo avançar na deliberação de temas importantes para o país, parlamentares preveem muitas dificuldades. Além da eleição, que afeta o trabalho de deputados e senadores, a falta de articulação política do governo é considerada grande obstáculo na aprovação de matérias relevantes.
SEM PRIODADE
Angelo Coronel diz que apresentará projeto específico para corrigir tabela do IRPF - JOTA

Avaliadas como prioritárias, as reformas do Imposto de Renda e Administrativa estão travadas no Congresso dificilmente serão aprovadas em 2022, ano eleitoral. No Senado, o relator da reforma do IR, senador Ângelo Coronel, afirma que a proposta em andamento será arquivada. Já a PEC 32, que prevê a reforma administrativa, permanece em discussão na comissão especial e não há articulação do governo para fazê-la avançar no colegiado e levá-la ao plenário da Câmara nas próximas semanas – antes do recesso parlamentar.
BASTIDORES
De forma surpreendente, o empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, elogiou o ex-juiz federal Sergio Moro, que é desafeto do presidente Jair Bolsonaro (PL)Pelo twitter, Hang parabenizou o ex-ministro da Justiça “por se posicionar contra as mentiras faladas pelo Lula”. Na tarde de quarta-feira, Moro fez um vídeo em que rebateu as declarações feitas por Lula em entrevista, na qual disse que a Lava-Jato “quebrou a Petrobras”.
ORÇAMENTO
Tribunal de Contas da União / Federal Court of Accounts, B… | Flickr
Provavelmente, o Congresso Nacional deve votar o Orçamento da União para 2022 na próxima segunda-feira (21). O relatório ainda encontra pendências para ser aprovado na Comissão Mista de Orçamento (CMO), mas este precisa ser analisado até esta sexta-feira (17) para que o Congresso vote o orçamento na próxima semana.
PF PROTETORA
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (16), durante a cerimônia de encerramento do Curso de Formação Profissional de Agente de Polícia Federal, em Brasília, que a Polícia Federal o salvou da morte após a facada recebida em setembro de 2018, em Juiz de Fora, durante período de campanha. O chefe do Executivo se disse grato aos militares e pediu que comparecessem ao palco os que fizeram parte do grupo de segurança que o acompanhou na data.
DEU NA MÍDIA

Leia Também:  Mato Grosso receberá 43 militares da Força Nacional para combate aos incêndios florestais

Gladson Cameli, governador do Acre, é alvo de operação da PF
O governador do Acre, Gladson Cameli, é um dos alvos da Operação Ptlomeu, deflagrada na manhã desta quinta-feira (16) pela Polícia Federal em conjunto com a Controladoria-Geral da União. Foram cumpridos 41 mandados de busca e apreensão e um apartamento do governador está entre os endereços. O objetivo é desarticular organização criminosa envolvendo ilícitos de corrupção e lavagem de dinheiro relacionados à cúpula do Governo do Estado do Acre.
INFORMAÇÃO
Segundo nota da Polícia Federal, a investigação é autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STF) e identificou um grupo criminoso, controlado por empresários e agentes políticos ligados ao Poder Executivo estadual acreano, que atuavam no desvio de recursos públicos, bem como na realização de atos de ocultação da origem e destino dos valores subtraídos. O grupo teria movimentado mais de R$ 800 milhões.
MINISTRO DESCANSADO

Marcos Pontes ironiza apagão do Lattes: 'Vai morrer por causa disso?' | Guia do Estudante
Enquanto a maioria dos ministros deixou para tirar férias apenas no final do ano, o titular do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, o astronauta Marcos Pontes , não teve qualquer cerimônia em se ausentar da pasta várias vezes ao longo deste ano.Na próxima semana, ele sairá de férias pela quinta vez em 2021. Com isso, somará nada mais que 51 dias de “descanso” ao longo do ano, segundo registros do Diário Oficial da União. O total soma mais tempo de férias do que Marcos Pontes teria direito pelos três anos de trabalho na gestão Bolsonaro.
INVESTIMENTOS
O aumento das importações de insumos e de máquinas e equipamentos em novembro sinalizam expectativas favoráveis para a indústria de transformação e para a agropecuária, apontou o Indicador de Comércio Exterior da Fundação Getúlio Vargas (FGV)O volume importado de máquinas e equipamentos – considerado como investimentos no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) do País – para a indústria de transformação cresceu 2,2% em novembro de 2021 ante novembro de 2020, acumulando um avanço de 7,8% nos 11 primeiros meses deste ano. Já a importação de máquinas e equipamentos para a agropecuária saltou 82,5% em novembro ante novembro do ano passado, com crescimento acumulado no ano de 33,7%.
PESQUISA CNT

Leia Também:  Aprovada inclusão de fisioterapeuta e terapeuta ocupacional na estratégia Saúde da Família

Justiça Federal absolve Lula de suspeita de favorecer montadoras | CNN Brasil
Em meio à movimentação antecipada de pré-candidatos à Presidência em 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 43% das intenções de voto e o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem a preferência de 26% dos eleitores. Os dados são da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNT) em parceria com o Instituto MDA, realizada de 9 a 11 de dezembro de 2021 e divulgada nesta quinta-feira(16).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Bastidores da República

ELEIÇÕES 2022: Lula e Moro já trocam críticas e insultos

O eleitor já pode ter uma ideia de como será o a disputa eleitoral. Nesta quarta-feira(19) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro (Podemos) trocaram xingamentos. Em entrevista a sites mais ligados à esquerda, Lula chamou o adversário de “canalha”, que respondeu usando o mesmo termo nas redes sociais. Ambos também usaram o termo “quadrilha”. Lula ficou 1 ano e 7 meses preso pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex. A ordem de prisão, determinada em abril de 2018, foi assinada pelo então juiz Sergio Moro. A defesa de Lula afirma que a Lava Jato “atuava para condenar” o ex-presidente. “Eu tive sorte do povo brasileiro que me ajudou a provar a farsa que foi montada contra mim em vida. Consegui desmontar o canalha que foi o Moro no julgamento dos meus processos, o Dallagnol, a mentira, o fake news, o PowerPoint da quadrilha. Tudo isso eu consegui provar que quadrilha eram eles”, disse Lula. Moro rebateu o ex-presidente lembrando os desvios de dinheiro público na Petrobras e disparou: “Você será derrotado”.

PROVOCACÃO

Bolsonaro buscou minar participação social por decretos

Em tom considerado bem divertido, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a ironizar o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), com quem deve disputar a eleição presidencial em outubro deste ano.A apoiadores na saída do Palácio da Alvora, em Brasília (DF), nesta quarta-feira (19), ele reclamou das multas que recebeu por descumprir norma estadual sobre o uso de máscara por conta da pandemia de Covid-19.“Recebi uma multa sem máscara num cemitério de Guaratinguetá. Nove multas do ‘calcinha apertada’”, disse, usando o termo a que costuma se referir a Dória.
Em seguida, Bolsonaro acusou o governador de poupar apenas uma pomada para assaduras do aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), de competência estadual.
“Ele aumentou o ICMS de tudo, menos do Hipoglós”, zombou, arrancando risadas dos apoiadores que o esperaram no local.

DEU NA MÍDIA

O ano eleitoral chegou, mais da metade de janeiro já se foi e pouca diferença se vê hoje em relação ao cenário de meados do ano passado na corrida pelo Palácio do Planalto. Intensamente polarizada e com potencial para sacudir o Brasil, a disputa eleitoral de 2022 vive, de agora até o fim de março, um momento decisivo para os comandos das campanhas. Em abril, numa espécie de grande paredão, tal qual no BBB, programa mais assistido da TV brasileira atualmente, alguns candidatos devem voltar para casa. O futuro deles depende não apenas da capacidade de se viabilizarem, mas das perspectivas de que a eleição tenha de fato dois turnos.

Leia Também:  Paulo Guedes recebe novo elogio de Bolsonaro e joga água fria no fogo amigo

CANDIDATOS

Quem quer saber de eleição? Por enquanto, só os políticos

Com prazo para que suas candidaturas decolem e ameacem a polarização entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) estão nomes como Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB), Rodrigo Pacheco (PSD), Simone Tebet (MDB) e Sergio Moro (Podemos). Além deles, estão colocados André Janones (Avante), Aldo Rebelo (sem partido), Luiz Henrique Mandetta (União Brasil), Luiz Felipe D’Ávila (Novo) e Leonardo Péricles (UP). Imagina-se que metade deles fique pelo caminho em abril.

CONHECIMENTO

A notícia dos bastidores políticos, ficou por conta da Advocacia-Geral da União (AGU)que defendeu no Supremo Tribunal Federal (STF) que é constitucional o aumento no valor do fundo eleitoral que vai financiar as campanhas deste ano. O órgão ainda pediu à Corte que rejeite a ação apresentada pelo Novo que prevê a revogação da aprovação do fundo eleitoral.”Não se apresenta razoável partir da premissa de que a destinação de recursos para campanhas eleitorais, definida por critérios legais, estaria a depender de um sarrafo quantitativo para sabermos se atende ou não ao princípio constitucional da moralidade. Os critérios para a distribuição dos recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha estão delineados em lei”, disse a AGU.

MAIS VOTADO?

Por que Queiroz sacou da cartola a candidatura a deputado

A disputa eleitoral já está bem acirrada. Investigado no inquérito das ‘rachadinhas’, o policial militar da reserva Fabrício Queiroz quer tentar uma vaga na Câmara dos Deputados nas próximas eleições. Embora ainda não saiba por qual partido concorrerá, ele sonha ser apoiado pela família do presidente Jair Bolsonaro. “Se eu tiver o apoio deles, com certeza serei o deputado mais votado do Rio de Janeiro”, afirmou Queiroz, em entrevista ao Estadão. Ele observou, porém, que não conversou com nenhum dos integrantes do clã Bolsonaro sobre a intenção de concorrer em outubro. A avaliação entre aliados de Bolsonaro é de que a candidatura poderia gerar desgaste para a campanha à reeleição do presidente.

MAIS UM…

O secretário especial de Cultura Mario Frias, de 50 anos, testou positivo para covid-19, informou a pasta nesta quarta-feira (19/1), por meio das redes sociais. Ex-ator já declarou que não se vacinou contra a doença e que também não pretende se imunizar. Segundo a nota da Secult, o ator está “sem sintomas e vai seguir em casa, onde cumprirá protocolo de recuperação indicado pelo Ministério da Saúde”.Frias é o quarto membro do Executivo a testar positivo para a doença este mês. A ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, foi a primeira a declarar ter contraído o vírus, no último dia 12.

Leia Também:  Jair Bolsonaro promulga Lei que pune perseguição, seja física ou psicológica

DETERMINACAO

Lewandowski cobra Estados e DF sobre vacinação infantil

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, nesta quarta-feira (19), que os estados e o Distrito Federal se manifestem em até 48 horas sobre as supostas irregularidades apontadas pela União em relação à aplicação de vacinas contra Covid-19 em crianças.O Ministério da Saúde declarou ter tido acesso a dados considerados “extremamente preocupantes” sobre a utilização dos imunizantes em crianças e adolescentes. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou ao STF que mais de 20 mil crianças foram vacinadas de forma irregular, com doses para adultos ou com imunizantes que ainda não foram autorizados para o público infantil.

CRONOGRAMA RURAL

Em Comunicado Técnico, a CNA esclarece que o recadastramento será realizado a cada três anos. Para o primeiro ciclo (2022 a 2023), serão aceitas a autodeclaração do consumidor relativa ao cumprimento do licenciamento ambiental e a outorga pelo direto do uso dos recursos hídricos. O cronograma do primeiro processo de revisão cadastral deverá ser divulgado pela distribuidora de energia por meio de mensagem inserida na fatura de energia ou em sua página na internet, junto aos Conselhos de Consumidores locais. A Confederação reforça que, caso o produtor rural perca o prazo ou não atenda aos critérios de recadastramento, o benefício tarifário será cancelado e a classificação da unidade consumidora será alterada.

ACESSO CONCORRIDO

Descubra quais são 5 bancos digitais mais populares do Brasil – 1 Bilhão Educação Financeira

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros têm conta em bancos digitais e 30% estão nas classes D e E. É o que revela pesquisa divulgada pelo Instituto Locomotiva, feita com 1.519 brasileiros, com 18 anos de idade ou mais, entre 27 de outubro e 7 de novembro do ano passado. O presidente do Locomotiva, Renato Meirelles, disse hoje (19) à Agência Brasil que, antes da pandemia de covid-19, o banco digital era o segundo banco da classe mais rica e o substituto da conta universitária. “Os bancos digitais falavam, praticamente, para os mais ricos. Tanto que, para depositar dinheiro no banco digital, era preciso fazer uma transferência de outro banco. Então, ele [banco digital] era, basicamente, para quem já tinha conta.”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

LEGISLATIVO

EXECUTIVO

JUDICIÁRIO

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA