Campanha já beneficiou 12 mil famílias de Cuiabá e Várzea Grande

As cestas básicas foram repassadas à famílias carentes por meio de entidades filantrópicas beneficiadas com a doação dos alimentos e materiais de limpeza, durante pandemia do coronavírus
Por Setasc/MT

Cerca de 70 entidades e projetos filantrópicos de Cuiabá e Várzea Grande receberam cestas básicas da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”, nos últimos 40 dias.

A ação do Governo do Estado de Mato Grosso já atendeu 12 mil famílias, que receberam atendimentos prestados por igrejas, associações comunitárias, ONGs, projetos filantrópicos e entidades sociais que desenvolvem o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Além disso, a campanha atendeu também diversas pessoas do grupo de risco, tais como idosos, diabéticos, pacientes em hemodiálise, em tratamento contra o câncer e portadores de doenças crônicas, e ainda, trabalhadores que vivem da agricultura familiar, ambulantes e centenas de pessoas moradoras de assentamentos e bairros periféricos.

Idealizada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e realizada em um tempo recorde de 40 dias, pela equipe da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), a campanha tem levado assistência e garantido a segurança alimentar de milhares de famílias em todo Mato Grosso.

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, que acompanhou praticamente todas as entregas, ressaltou que Cuiabá e Várzea Grande concentram a maioria das demandas em virtude do tamanho das cidades e também dos problemas.

“A região Metropolitana é com certeza onde temos um maior número de pessoas passando necessidade e por isso temos realizado essa parceria com as instituições, igrejas e comunidade para chegar até as famílias mais carentes”, destacou.

A primeira-dama Virginia Mendes sempre atuou muito em conjunto com essa rede de parceiros e frisou a importância do atendimento por meio da doação das cestas. “Eles já fazem as ações sociais com esses públicos, conhecem a realidade nos bairros mais carentes e nós, do Governo, temos que contar com essa capilaridade para chegar até aos que estão precisando da ajuda do Estado. Sou muito grata a todos que estão somando conosco e nos ajudando neste momento de pandemia da Covid-19. O momento é de união de esforços”, ressaltou a primeira-dama.

Gislaine Rodrigues, coordenadora da Casa de Recuperação Vau Jaboque, explica que o estoque de alimentos já estava baixo porque as doações diminuíram neste período de pandemia. “A ajuda do Governo do Estado veio em um momento muito oportuno para continuar ajudando aqueles que precisam de ajuda”.

Para o pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular do CPA 3, Genito José Fernandes, a campanha é sinônimo de coragem. “É muito importante para nós, como representante de instituição religiosa, poder atender a comunidade mais carente, por meio deste projeto tão significativo que é liderado pela primeira-dama do Estado. ”

“Temos uma gratidão imensa pela primeira-dama, Virginia Mendes, no apoio aos nossos pacientes que se encontram vulneráveis. Neste período de Covid-19, piorou ainda mais a situação socioeconômica e ainda temos os problemas inerentes a saúde dos pacientes, então essa é uma forma de ajudar neste momento tão difícil, além dos cuidados médicos”, disse a diretora geral do Instituto Nefrológico de Mato Grosso, Katia Cristina.

As cestas básicas repassadas para as instituições foram adquiridas pelo Governo do Estado com recursos próprios, totalizando 50 mil unidades. Além disso, a campanha também recebeu, até o momento, outras 130 toneladas doadas por empresas, parceiros e sociedade em geral.

Além das entidades na Grande Cuiabá, a campanha contemplou os 141 municípios de Mato Grosso, com a doação de cestas a todas as cidades.

Os atendimentos a estes projetos e entidades continuam, pois, conforme a própria secretária Rosamaria Carvalho adiantou a pandemia do novo coronavírus deve seguir por mais alguns meses. “E além disto temos a situação do pós-pandemia, onde teremos que ajudar estas pessoas a serem inseridas no mercado de trabalho e até lá com certeza elas ainda precisarão da ajuda do Governo”, frisou.

Saiba como participar 

As entidades interessadas precisam enviar solicitação para o e-mail gabinete@setasc.mt.gov.br.
E se você quer ajudar, é possível doar alimentos ou itens de limpeza diretamente na Arena Pantanal. Quem preferir poderá doar recursos na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.