Seadtur orienta municípios a cadastrarem atrativos na Plataforma Integrada de Turismo

Na ferramenta será mostrada a quantidade de bares, restaurantes, passeios da região e até mesmo agências bancárias que auxiliará os turistas

Da Sedec MT

Perguntas como o que fazer em determinado município ou quais atrações visitar e onde elas se localizam poderão ser respondidas mais rapidamente por meio da Plataforma Integrada de Turismo (PIT), mas é necessário que cada cidade cadastre seus atrativos turísticos.

“A ferramenta possibilitará essas e outras informações de interesse turístico nos municípios abrigadas de forma sistêmica e organizada, compondo uma importante base de dados sobre a oferta turística de Mato Grosso, auxiliando na gestão do setor e, sobretudo, promovendo a divulgação dos destinos e seus produtos turísticos por meio de um site dinâmico que reunirá toda as informações para facilidade e segurança do turista”, afirma César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico.

De acordo com Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo de Mato Grosso, “a plataforma é resultado de uma parceria com a secretaria de Turismo de Minas Gerais e será uma ferramenta importante de gestão virtual da oferta turística dos municípios com base na metodologia de inventariação do Ministério do Turismo”.

Em Nova Mutum (242 Km de Cuiabá) os dados estão quase finalizados. Para Bruna Tommasini, coordenadora da Secretaria de Indústria Comércio e Turismo do município, o cadastro está sendo simples apesar da grande quantidade de informações. Ela acredita que a ferramenta ajudará principalmente os turistas. “Ali tem muitas coisas que fazem a diferença no turismo, até a quantidade de agências bancárias dá para saber”, ressalta.

Outro ponto que Bruna achou importante foi a interatividade, que ajuda a deixar tudo mais dinâmico e fácil de se atualizar.

“Os donos de bares e restaurantes poderão dizer quando algo mudou no seu funcionamento”, disse.

Posteriormente, assim que os cadastros forem finalizados, os municípios terão o site de divulgação, mostrando aquilo que poderá ser comercializado na região, o que ajudará principalmente os turistas.

Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail pitmt@sedec.mt.gov.br.