Judiciário e Projeto Verde Novo realizam workshop sobre clima, arborização e sustentabilidade

O Poder Judiciário de Mato Grosso e o Projeto Verde Novo realizam, nos dias 7 e 8 de fevereiro, o “I Workshop Clima, Arborização e Sustentabilidade”, no auditório Gervásio Leite, na sede do Tribunal de Justiça, em Cuiabá. Para participar, as inscrições poderão ser feitas no local do evento e, em breve, também pelo site do projeto.
Segundo o responsável pelo Projeto Verde Novo, Sérgio Savioli Resende, o workshop é aberto a toda a população, principalmente aos interessados em conhecer mais profundamente a importância da arborização urbana, quais os benefícios ela traz para a cidade e para o meio ambiente, assim como quais as espécies mais adequadas para o plantio e os cuidados necessários com a planta.
“Também convidamos os profissionais das áreas de arquitetura e engenharia que queiram entender um pouco mais a importância de agregar a arborização em seus projetos. Precisamos voltar os olhos para essa questão. A cidade precisa da arborização para gerar maior conforto térmico. Além disso, o workshop também vai abordar práticas da construção civil. Temos muitos prédios comerciais, apartamentos, em que a pessoa não tem a influência direta da arborização, mas existem técnicas de construção que permitem maior conforto térmico, assim como práticas sustentáveis que geram menos resíduos”, salientou.
 
Sérgio Resende também faz um convite aos profissionais da iniciativa privada que queiram se conscientizar acerca da importância da arborização urbana e, possivelmente, se associar à marca do Projeto Verde Novo.
Programação – A abertura oficial será no dia 7 de fevereirto, às 8h30. A primeira palestra será proferida pelo botânico e paisagista Ricardo Cardim, que abordará o tema “Paisagismo e Arborização Sustentável para o Brasil”. O palestrante é mestre em Botânica pela Universidade de São Paulo.
Às 10h30, o mestre em Geografia Física Henrique Nicolau Grillaud Maranholi irá abordar o tema “Ilhas de calor nos últimos 40 anos em Cuiabá”. A linha de pesquisa do palestrante, realizada na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), é a Climatologia Urbana.
Após o almoço, as atividades retornam às 13h30, com palestra do engenheiro civil Adeir Pinto, sobre “Conforto Térmico nas Edificações”. Na sequência, Mauro Romani, um dos criadores do selo Forest Friend, irá falar sobre o “Programa Forest Friend de Sustentabilidade e a compensação do impacto ambiental com créditos de floresta”.
Ao final da programação, serão distribuídas mudas de árvores aos participantes.
Já no sábado (8 de fevereiro), será realizada uma grande ação de plantio nas alças do viaduto da rodoviária de Cuiabá, com uma oficina de arborização. Ao todo, serão plantadas cerca de 100 mudas de árvores e um representante de cada parceiro do Projeto Verde Novo será convidado a plantar uma muda.
Arborização – O Verde Novo é um projeto do Poder Judiciário de Mato Grosso, idealizado pela equipe do Juizado Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam), com o objetivo de mobilizar a sociedade em prol do plantio e manutenção de árvores na Capital, a fim de alcançar índices de arborização satisfatórios que contribuam para a melhoria na qualidade de vida da população mediante a redução da sensação térmica e aumento da umidade relativa do ar.
Em 13 de dezembro de 2017, o Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso, o Município de Cuiabá e o Instituto Ação Verde formalizam o Termo de Cooperação Técnica n. 7/2017, sendo este o marco de lançamento do Projeto Verde Novo.
O Verde Novo é desenvolvido pelo Poder Judiciário de Mato Grosso juntamente com a equipe do Juvam, em cooperação com o Município de Cuiabá e o Instituto Ação Verde, além de contar com a parceria de empresas do setor privado, como o Grupo Petrópolis, a Energisa e TV Centro América.
Lígia Saito
Coordenadoria de Comunicação do TJMT