MDB de Cuiabá defende Júlio como vice de Emanuel à reeleição

Presidente do MDB em Cuiabá, o advogado Francisco Faiad defendeu o nome do ex-governador Júlio Campos (DEM) para candidato a vice na provável chapa de Emanuel Pinheiro (MDB) à reeleição, no ano que vem.

O nome de Júlio vem sendo objeto de discussão entre lideranças próximas ao prefeito de Cuiabá, que o defendem como solução para apaziguar os ânimos entre DEM e MDB. Em outubro deste ano, o ex-governador mudou seu domicílio eleitoral de Várzea Grande para Cuiabá.

“O nome de Julio Campos seria muito bem-vindo [como candidato a vice] em razão da sua experiência e da sua capacidade administrativa. Eu entendo que ele viria a somar muito nesta coligação”, afirmou Faiad.

Ele ainda revelou que objetivo é que o Democratas entre no arco de alianças em torno de Emanuel para a disputa municipal, que tem 13 partidos atualmente.

Além do MDB, também apoiam a reeleição o PL (antigo PR), PV, PP, PTB, PRTB, PSD, PSDB, PSC, PSB, PMB, Republicanos e Avante.

“Nós temos hoje 13 partidos que entram no nosso arco de aliança, e queremos que o DEM seja o 14º. Entendemos que é necessário repetir a coligação que elegeu Mauro governador, também em Cuiabá. E eu confio muito na serenidade dos dirigentes do DEM, para que eles venham compor para nossa base para apoiar Emanuel em 2020”, disse.

O ex-prefeito da Capital, Chico Galindo (PTB), também defende o nome de Júlio para composição da chapa. “Com o currículo que ele tem, de governador, senador, conselheiro do Tribunal de Contas, eu acho um nome excelente”, disse em entrevista recente.

Rixa: Mauro x Emanuel

Nos bastidores, também é citado que outro fator que impulsionaria o nome de Júlio à vice é para que o DEM não lance um candidato a majoritária.

Atualmente, o governador Mauro Mendes tem trocado farpas com o atual prefeito e defendido que o Democratas lance um nome ao Palácio Alencastro, nas eleições de 2020.

“Isso é um entendimento de um grupo ligado mais ao governador Mauro Mendes, mas eu acredito que essas lideranças do DEM vão entender que neste momento o importante é Cuiabá, e não uma disputa de lideranças políticas”, afirmou.

Faiad afirma que, apesar da divergência, o grupo verá que o nome de Emanuel é o melhor nome para a disputa ao Alencastro. “Se ele tiver ainda um vice como Júlio Campos, sem dúvida que é certeza de um ótimo mandato a partir de 2021”.

 

 

Fonte: Mídia News | Foto: Mídia News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *