Prefeita arremata as 3 fazendas do ex-governador Silval Barbosa

A empresa Selo Verde Empreendimentos Imobiliários e Participações Ltda, que pertence à família da prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PL), arrematou, por R$ 36,1 milhões, as 3 fazendas do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa.

 

A terceira etapa do leilão, que se encerrou na última sexta-feira (8), tinha as fazendas Serra Dourada II, Lagoa Dourada e Lagoa Dourada I, situadas em Peixoto de Azevedo (691 Km ao norte de Cuiabá), em lote único com o valor mínimo de R$ 23 milhões, 50% da avaliação inicial que fixou os bens em R$ 46 milhões.

 

“Compramos porque achamos que era um bom negócio para a empresa da família. E é importante deixar claro que isso foi uma transação comercial particular da empresa da minha família. Isso não tem nada a ver com a minha vida pública”, disse a prefeita ao jornal A Gazeta.

 

Segundo Martinelli, o objetivo da empresa é utilizar as fazendas para plantio de soja, já que a família já vem atuando no ramo da agropecuária. O arremate ocorreu após 136 lances, sendo que a empresa da prefeita chegou a dar mais de 10 lances para cobrir o valor ofertado pelos demais concorrentes.

Para a aquisição das três áreas, a família da prefeita se desfez da Fazenda Santa Ana em Lucas do Rio Verde (354 Km ao norte de Cuiabá), para adquirir as fazendas do ex-governador.

 

“Estava em um preço bom e decidimos comprar com o recurso de uma propriedade que vendemos e vamos pagar as parcelas com esses recursos”, explicou. De acordo com a Justiça, os compradores terão até 60 meses, ou seja, 5 anos, para pagar os imóveis, além da entrada que ficou fixada em 15% do valor total.

 

Questionada sobre o risco da região, já que as áreas tiveram duas grandes invasões em 2017, logo após a homologação do acordo de delação de Silval e veiculação na mídia, a prefeita disse que as fazendas já foram desocupadas. “Nós compramos essas fazendas do Tribunal de Justiça. E eles garantiram que os imóveis estão desocupados, com escritura, tudo dentro da lei”, afirmou.

 

Os valores adquiridos nas 3 etapas do leilão dos bens do ex-governador Silval Barbosa serão encaminhados ao Fundo Penitenciário Estadual para utilização específica na reestruturação do sistema prisional, conforme determinou o juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execução Penal.

 

 

 

Fonte/Foto: Midia News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *