Fávero assume vice-presidência do PSL em MT, após saída de Selma Arruda

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL) assumiu, nesta quarta-feira (18), a cadeira de vice-presidente do PSL em Mato Grosso.

Ele ocupa o posto com a saída da senadora Selma Arruda do partido, após uma briga com o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o deputado Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). Ele teria gritado com ela para que tirasse sua assinatura da CPI da Lava Toga, que investigará a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em um vídeo, ao lado do presidente do PSL, Nelson Barbudo, e de Sílvio Fávero, o senador Flávio Bolsonaro deseja sucesso para o parlamentar. “Estou aqui ao lado do deputado Silvio. Ele está assumindo a vice-presidência do PSL em Mato Grosso. É uma satisfação. Sucesso nessa missão. Não é fácil, eu sei”, disse.

Selma se filiou na tarde desta quarta-feira (18) ao Podemos, onde disse que se sentiu acolhida e afirmou que continuará na CPI e continuará “lutando contra a corrupção”.

“A Lava Jato é uma bandeira que carrego desde que era magistrada. É necessária ao desenvolvimento do Brasil. Não podemos pensar que o problema principal é o desemprego e a saúde. Isso tudo só existe porque existe a corrupção. Esse combate é um dos elos que me liga ao Podemos”, disse a senadora, em evento para sua filiação.

 

 

 

Fonte: ÚnicaNews | Foto: Ronaldo Mazza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *