MPE denuncia ex-Sesp por ameaça a delegado que o investigou

O Ministério Público Estadual ofereceu nesta sexta-feira (13) denúncia contra o delegado e ex-secretário de Segurança Pública, Rogers Elizandro Jarbas, por uma suposta ameaça ao também delegado Flavio Stringueta.

Jaras foi denunciado pelo crime previsto no artigo 344 do Código Penal, que consiste em “usar de violência ou grave ameaça, com o fim de favorecer interesse próprio ou alheio, contra autoridade, parte, ou qualquer outra pessoa que funciona ou é chamada a intervir em processo judicial, policial ou administrativo, ou em juízo arbitral”. A pena prevista é de um a quatro anos de reclusão e multa.

A denúncia refere-se a um fato ocorrido no dia 28 de março do ano passado, no interior do Supermercado Big Lar.

Na ocasião, o ex-secretário passou a monitorar Stringueta, na tentativa de “mapeá-lo” em dois momentos.

Segundo o Ministério Público, após as tentativas de intimidação no interior do supermercado, o ex-secretário ainda procurou a vítima no estacionamento provocando uma discussão, chamando-o de “safado” e instando-o a resolver as coisas de “homem pra homem”.

O ex-secretário ainda teria dito que sua prisão foi uma armação do desembargador Orlando Perri, e que a delegada Alana Cardoso teria mentido em seu depoimento para prejudicá-lo.

As imagens do circuito interno, de acordo com a denúncia, demonstram que a investida de Rogers teve requinte de premeditação, segundo a denúncia.

A denúncia foi oferecida pela 19ª Promotoria Criminal de Tutela Coletiva de Segurança Pública da Capital.

Fonte: Mídia News | Foto: Alair Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *