OPINIÃO DO DIA: Márcia Pinheiro, o presente tem futuro!!!

Primeira-Dama Márcia Pinheiro. Foto: Divulgação.

Ela tem sido um exemplo na condução das atividades de cunho social e goza de grande prestígio. Tem a gentileza e uma conduta que encanta a todos. É hiperativa, trabalha muito e está sempre à disposição da comunidade.

O nome dela é Márcia Pinheiro, uma mulher forte que tem feito a diferença no cargo de primeira-dama do município de Cuiabá.

Foi e tem sido peça fundamental na concepção, construção e implantação do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

Formada em administração de empresas, pós-graduada em gestão pública, Márcia Aparecida Kuhn Pinheiro é natural de Santa Isabel D’Oeste, no Paraná, e esta casada há 23 anos com o atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

Perfil discreto, sempre atuou nos bastidores da vida pública do marido que já entra na casa dos 30 anos, sempre buscando extrair os maiores benefícios para as demandas de cunho social, de forma voluntária e muito presente.

Posicionou-se, recentemente, contra a reeleição do Marido e causou um frisson em probabilidades de disputas e candidatos que se assanharam com a notícia.

Enfrenta de cabeça erguida uma imagem, que insiste em perpetuar-se, ligada a um erro do passado de seu marido, cujos inimigos – do presente glamoroso da administração de Pinheiro tem proporcionado a Cidade Verde – usam como arma política e eleitoreira.

É inegável que a cidade está mais limpa, mais humanizada, os serviços públicos funcionam, servidores da prefeitura recebem em dia, os projetos prometidos estão sendo executados e a aprovação do alcaide está nas alturas.

Márcia Pinheiro tem sido incansável na defesa de seus posicionamentos, e não abre mão da prerrogativa de comando das ações sociais mesmo sem cargo público, seu trabalho é voluntario e suas incursões são uma doação pessoal de seu tempo e generosidade.

Márcia tem um movimento silencioso formado por amigos e admiradores que sonham com a administradora à frente do Paço Municipal. Ela parece ser muito resistente a esta possibilidade que viraria o cenário político delineado, até então.

Alguém tem dúvida que esta notícia seria bombástica para concorrentes?

Mas, isso é assunto para outro artigo no futuro (…).

JPM – João Pedro Marques é advogado e jornalista, com escritórios em Brasília e Mato Grosso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *