Maia liga para Guedes e ameaça deixar articulação da reforma da Previdência

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), falou para o ministro da Economia, Paulo Guedes, que deixará a articulação política pela reforma da Previdência.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, nesta 5ª feira (21.mar.2019), Maia ligou para Guedes e disse que enxerga os ataques em redes sociais por filhos e aliados do presidente Jair Bolsonaro como 1 sinal o governo não precisa de ajuda nos trâmites da reforma. A ligação teria sido feita na presença de líderes partidários ligados ao Centrão.

O imbróglio entre Maia e os aliados de Bolsonaro ganhou força após o filho do presidente, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), afirmar em sua conta no Instagram que o presidente da Câmara estaria “nervoso”. A pergunta veio logo após a prisão de Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia casado com a sogra de Maia.

Em sua conta no Twitter, o vereador do Rio de Janeiro também espinhou Maia. Compartilhou uma postagem da página Renova Mídia que citava o mal estar que presidente da Câmara teve com o ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Além de Carlos, os seguidores da família Bolsonaro no Twitter atacaram nas últimas semanas líderes de todos os poderes da República, inclusive Maia.

 

 

Crédito: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *