Centrão rejeita relatoria da reforma na CCJ

O Centrão rejeitou relatar o projeto de reforma da Previdência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). O presidente da Comissão, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), teria recebido ligações de líderes partidários com a recusa nessa 5ª feira (20.mar.2019). A informação foi publicada pelo jornal Estado de S. Paulo nesta 6ª feira (21.mar).

A motivação por não relatar o projeto se deve ao mal-estar com a reforma apresentada para os militares. Com a situação, Fracischini tem sido pressionado por partidos do chamado Centrão a indicar 1 congressista do PSL para relatar a Previdência. Bia Kicis (PSL-DF) e o General Girão (PSL-RN) são os são 2 dos nomes cogitados para a função. Ter 1 relator do partido não era a intenção do governo.

A reportagem também apurou que os integrantes do Centrão tiveram uma reunião com Rodrigo Maia (DEM-RJ) e tentaram cancelar a audiência com o ministro Paulo Guedes (Economia) da próxima 3ª feira, 26 de março.

Segundo o PSL, não haverá indicação de relator até que o Ministério da Economia apresente esclarecimentos sobre o assunto. A indecisão por 1 relator atrasa a votação do projeto na Casa. Na mesma data, o presidente da Câmara também indicou deixar o apoio à Reforma. 

 

 

Crédito: Poder 360

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *