O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, disse ser contra 1 possível apoio do partido a algum dos candidatos à Presidência da República. Nesta 2ª feira (8.out.2018), em postagem no Twitter, Freire disse que pelo “Brasil democrático”não apoia nem Fernando Haddad (PT) nem Jair Bolsonaro (PSL).

Ao responder 1 questionamento na rede social, Freire disse que o partido deveria se declarar desde agora “oposição responsável” ao futuro governo, independentemente do resultado do 2º turno. O ex-deputado também defendeu o respeito à Constituição de 1988. Eis o tweet:

Mesmo com 24.914 votos, Roberto Freire não conseguiu se reeleger deputado federal por São Paulo neste pleito. O constituinte foi 1 dos principais defensores da candidatura única de centro na corrida presidencial e 1 dos primeiros a declarar apoio a Geraldo Alckmin.

Na 4ª feira (10.out), a Comissão Executiva Nacional do PPS reúne-se em Brasília para fazer 1 balanço dos resultados do 1º turno e definir o posicionamento da campanha para a próxima etapa.

O PSDB de Geraldo Alckmin tem reunião de cúpula às 15h para discutir se apoiará algum dos candidatos. O PSB delibera às 14h30. DEM, PSB e PPL também tem reunião marcada para esta 3ª.

Crédito: PODER 360